APLIQUE OS CONCEITOS DE ‘3D’ NA SUA VIDA E VENÇA A PROCRASTINAÇÃO PARA APRENDER INGLÊS

Você é daqueles que sabe que precisa apreder inglês e mesmo assim vai deixando pra depois? Sabe que é importante para sua vida, enxerga os benefícios e mesmo assim fica adiando esse sonho?

Isso se chama procrastinação. É seu cérebro te protegendo de algo que pode parecer difícil. Aí ele te sabota e termina com aquilo antes mesmo de você começar.

Ele acha que está te ajudando, mas na verdade está acabando com a sua vida.

E se isso está acontecendo com você também, nem pensa em sair daqui. Eu preciso muito falar com você. E já vou avisando que o texto é um pouco longo, mas eu garanto que é valioso. Para aprender inglês, é necessário começar deixando a preguiça de lado. Você precisa desligar o piloto automático e mostrar para o seu cérebro quem que manda aqui. Vem comigo?


PARA APRENDER INGLÊS É NECESSÁRIO SER 3D!

 

Provavelmente já ouviu que para aprender inglês é necessário ter dedicação (eu sempre digo isso). Mas e se eu te disser que você precisa de um pouco mais do que isso?

Calma, não quero te aprovar e muito menos criar pânico aqui. Você não precisa ser super dotado.

Na verdade, com o texto de hoje é para qualquer pessoa que tenha decidido aprender inglês alguma vez na vida.

Você verá um conceito muito bacana e esclarecedor, de Charles Peterson, sobre esses 3Ds necessários para aprender inglês – ou qualquer novo hábito que você queira instalar na sua vida – e principalmente vencer a procrastinação. Estamos falando de:

  1. Determinação;
  2. Dedicação;
  3. Disciplina.

Eles parecem sinônimos, não é mesmo? Porém cada um deles é essencial nesse processo de aprendizagem. Vamos entender isso melhor.


O QUE É DETERMINAÇÃO?



Segundo Peterson, a gente costuma associar “determinação” apenas com “ter força de vontade”. Falamos que fulano é determinado. Porém, quando alguém está determinado a fazer algo significa que essa pessoa determinou o que pretende fazer. Ou seja, ela parou, pensou e planejou.

Nesse sentido, “determinação” significa escolher a ação a ser tomada, traçar as ações necessárias para que o objetivo possa ser atingido.

No caso de um aluno de inglês, ter determinação significa traçar ações específicas que vão ajudar no progresso do idioma. Por exemplo:

“Para alcançar meu objetivo vou estudar uma hora por dia. Vou fazer 20 minutos de listening, mais 15 de reading, mais 15 de speaking e 10 de writing. Usando material X, o recurso Y, o aplivativo Z…”

E assim por diante. Você determina cada passo do seu estudo.


ONDE ENTRA A DEDICAÇÃO?


Para Peterson“Dedicação” é diferente de “determinação”. Após ter determinado qual ação será necessária para conseguir atingir um objetivo, você precisa entrar em ação. E aqui você usa a sua “dedicação”. Ou seja, é o ato de dedicar-se à ação que foi determinada anteriormente.  

Se algo foi determinado, sem dedicação, nada acontece. Porque somente a ação vai te levar a um resultado.

Ainda no exemplo do aluno de ingles, depois que você definiu como e em que horários vai estudar, você age! Você senta e faz tudo de acordo com o plano.

Então antes de falarmos de disciplina, recaptula comigo:

– Determinação é ter foco, é determinar o que precisa ser feito.
– Dedicação é implementar a ação que foi determinada, é fazer, realizar.


E O QUE SERIA A DISCIPLINA ENTÃO?

 

Já a disciplina é a forma como você se dedica à ação determinada!!!

Ou seja, qndo você se dedica com disciplina significa que você faz o que precisa ser feito com obediência. O disciplinado obedece essas regras estabelecidas, simples assim!

Já o indisciplinado desobedece, ele até faz, mas não da FORMA  determinada.

Ainda sobre o aluno de inglês, o disciplinado vai obedecer fielmente aquela uma hora de  estudo, da forma que ele tinha planejado. Ele vai fazer 20 minutos de listening, mais 15 de reading, mais 15 de speaking e 10 de writing. Ele vai usar o material X, recurso Y e o aplicativo Z. Ele vai tirar do papel e vai tirar bem tirado. Ele não vai fazer de qualquer jeito apenas pra completar aqueles 60 minutinhos de estudo.

Ficou claro?

Resumindo:

Determinação = planejar ações que conduzem ao objetivo;
Dedicação = realizar as ações determinadas;
Disciplina = obedecer as regras estabelecidas.

Por isso que para parar de procrastinar você precisa de um plano detalhado. Não pode contar apenas com a força de vontade, porque ela não é constante. Assim como o humor, pode depender de vários fatores.

Então pega papel e caneta que para vencer essa batalha contra a procrastinação, vou dividir mais algumas dicas com você. Essas dicas são do Henrique Carvalho, fundador do Viver de Blog. Vamos lá…

#1 – Peça ajuda de amigos

Quando uma tarefa se tornar difícil demais para começar ou terminar, seu amigo será uma espécie de juiz que fará a fiscalização. Ele precisa ter liberdade de poder te cobrar. E claro, você pode ajudá-lo sendo o juiz dele também. Que tal achar um amigo parceiro para aprender inglês?

#2 – Esqueça a função soneca de uma vez por todas

Parece meio estranho falar disso no processo de aprendizagem do inglês. Mas começar o dia procrastinando não é nada saudável para quem está tentando implantar um novo hábito. Então quando o alarme tocar, levante da cama. Inconscientemente essa simples atitude ajudará na hora de sentar e fazer o estudo do inglês.

#3 – Diminua seu grau de auto-exigência

A busca pela perfeição pode adiar o começo de sua jornada. Você sabe que falar o desejado inglês fluente pode demorar e seu cérebro – que adora te defender de “perigos” lembra? –  fica enviando mensagens para que você nem entre nesse “barco furado”. Esqueça o objetivo final, esqueça a perfeição. Comece e vá melhorando aos poucos.

#4 – Remova as distrações

Ter que conviver com os “ladrões de atenção” só torna o ato de procrastinar mais provável. Você deve saber bem que o maior ladrão dos tempos modernos é o celular. Então que tal colocar o celular em modo avião e deixar as redes sociais um pouquinho de lado quando você sentar para se dedicar ao estudo de inglês?

#5 – Faça uma coisa de cada vez

Apostar em múltiplas tarefas para ganhar tempo terá o efeito oposto. Tem gente que gosta de fazer mil coisas ao mesmo tempo, achando que está adiantando certas funções. Na verdade, onde você é que algo acontece como diz Tony Robbins “where focus goes, every flows”.

#6 – Queime pontes, se possível

Ou seja, se coloque em situações de emergência. Quer uma fórmula desafiadora para aprender inglês? Uma solução drástica pode ser marcar uma viagem sem guia. Você não terá muitas escolhas. Esse é apenas um exemplo. Mas a ideia é colocar-se em situações que te obrigam viver o inglês.

#7 – Use listas de tarefa com inteligência

Henrique defende que dentre tantas atividades do dia, você deve escolher 3 itens, de alta prioridade e que estejam alinhados com seu objetivo principal (estamos falando de aprender inglês). E que você não pode dormir sem concluí-los. Então espero que o inglês seja uma dessas atividades. Você quer falar inglês, mas não o prioriza? Dessa forma, nada acontecerá.

#8 – Comece logo!

Pare de deixar para amanhã aquele tempinho que você separou para o inglês. Senta e faz. Comece logo. Não pense no resultado final. Apenas aproveite o trajeto.



Agora que você já conhece alguns conceitos e já anotou algumas dicas preciosas,  saiba que a disciplina é peça chave de toda essa trajetória para aprender inglês. E ela pode ser difícil, mas você só vai precisar dela por uns dois meses – tempo médio necessário para implantar um novo hábito de acordo com estudos científicos.

A disciplina te conduz ao hábito. Hábito é  começar a fazer algo que antes não era costume de maneira automática. E é exatamente dele que você precisa para ser sucedido nos estudos.

Você precisa fazer do inglês um hábito. Trazê-lo para seu dia. Viver o idioma.

E para cumprir hábitos a gente não precisa de esforço, não é mesmo?

Ou você se esforça pra escovar os dentes, tomar banho ou vestir uma roupa?

Provavelmente não, porque isso é automático pra você. Você está acostumado a fazer isso há muitos e muitos anos. Uma vida toda.

E por mais dificil que seja nos dois primeiros meses, depois vai se tornar natural, e você vai se sentir mal quando não realizar essa tarefa.

E essa é a proposta desse texto. Te mostrar a importância do inglês como hábito, dando dicas para que você para de adiar esse sonho. Queremos que você sente, planeje e comece!  

Conte com a gente nessa caminhada!!!